quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Óia eu aqui óia eu aqui

E não é que hoje "casou" de eu estar aqui?! Pensaram que este blog ia acabar né? Eu tirei uma folga dele sem previsão de retorno, mas em nenhum momento eu pensei em trancar meu blog...
Mas pra falar a verdade não tô voltando ainda não! Pretendo mudar completamente isto tudo aqui, tanto design quanto postagens, assuntos etc... mas claro que vai continuar sendo sobre Meu mundo e tudo mais...
Então hoje pra não perder a viagem quero deixar um grande beijo pra vocês, desejar um 2014 muito feliz (ainda tá valendo né? o ano pra mim só começa depois do meu niver que é: Amanhã! rsrsrs) e mostrar pra vcs algumas fotos de segunda-feira no aniversário do Heitor de quatro anos.
 Como estou de bebê novo não tinha tempo pra organizar a festinha como das outras vezes: muitos detalhes, muito trabalho! Então fizemos no Shoping naqueles espaços onde as crianças ficam brincando, e vou te contar: Esta sim é uma festa infantil de verdade, pq é feita pra elas, e elas se divertem pra valer
O espaço é destinado a crianças de 2 a 12 anos, lá tem pula pula, piscina de bolinhas, fantasias diversas, simulação de casinha, farmácia, mercado etc... Os monitores são super atenciosos. Como a festa era de super Herói, acima um dos monitores como Homem de ferro, brincando no vídeo game com as meninas.
Tive a possibilidade de convidar vários coleguinhas da escola, o que dificilmente eu conseguiria se a festa fosse em outro local, por causa da falta de intimidade com os seus pais. Sem falar que eles também gostam pois deixam os filhos e vão bater perna kkkk. Assim pude convidar os amigos do Heitor e não os meus rsrs. 
Esse é um dos melhores amiguinhos do Heitor, fofura pura. 
E algumas coleguinhas, sentadas a Ana Flavia e as duas Sofias, em pé a fofíssima Sarah, só a Sofia morena não é coleguinha de escola, mas da igreja. 
A hora do Parabéns não pode ter velhinha acesa por causa dos extintores de incêndio rsrs
Você tem a impressão de que o bolo tá penso? Na verdade esse é o lado disfarçado. Na hora que cheguei no Shoping ainda no estacionamento o bolo estava nas mãos de uma das primas do Heitor e o pequeno na sua empolgação bateu a mão na caixa. Resultado: bolo ao chão! Não tinha mais como conseguir outro então teve que ser esse mesmo, a sorte é que apesar de ter se despedaçado, como caiu dentro da caixa ainda pôde ser comido.  
Marcones adorou a festa pq em nenhuma outra ele pôde ficar nesta folga, tomando um café expresso tranquilamente, e ter um tempinho especial com o caçula que chegou a tirar um cochilinho no colo do papai. 
Essas são nossas malvadas favoritas. A Vitória é filha de grandes amigos nossos, e madrinha de oração do Benjamim, e a deperuca é Giovana, minha sobrinha.


Local: Villa Amazon Kids, Shoping Pátio Marabá, não tô fazendo propaganda, a gerente lá é amiga minha rsrsrs.
Fotografia: Francis Pinto. A Francis tira as fotos, coloca a moldura escolhida (como a da primeira foto lá em cima), e imprime na hora, assim cada criança já leva pra casa como lembrança, eu amei! Clica aqui para ir conhecê-la no face.

Festa aprovadíssima. Acho que vou repetir a mesma dose no ano que vem. Beijos de nós dois pra vocês!!!

Gerliane


P.S.: Ia esquecendo: Me procura no Instagran de onde eu não sumo por tanto tempo rsrsrs.

Beijocas de novo


terça-feira, 27 de agosto de 2013

Dispensando...

Agora mais um mês e pouquinho e recebo meu pacotinho chamado Benjamin...
Daí hoje estava vendo uma postagem do blog Macetes de mãe e me divertindo com as "Dicas para quem vai visitar um recém nascido". 
Me divertindo é modo de falar né? pq fico só lembrando dos comentários e atitudes dispensáveis e inúteis que a gente ouve assim que ganha bebê e imaginando quem serão os pagadores de mico desta próxima vez...
Sabe quais são os piores pra mim? Olha aí:

- Comentar: esse menino tá é com fome! (Como se meu peito fosse chupeta); ou: Isso é cólica, passa depois dos três meses (e enquanto isso eu espero onde?); ou que tal: esses do tipo "eu sei mais que você" - pega ele assim, pega ele assado etc etc... 
- Discutir o tipo de parto que a mãe teve, tipo: "mãe de verdade tem parto normal" (como se fosse normal sair um coco da sua genitália... tenho uns parentes tão sem noção neste quesito...)
- Perguntar quando ou se vai ter outro filho (Oi? Posso respirar?)
- Perguntar quando volta a trabalhar (Oi? Posso respirar? nº 2)
- Visita em casa sem avisar (a não ser que seja muito muito íntimo destes que chegam pra ajudar e não pra sair falando mau depois, vc sabia que quando a gente ganha nenê atitudes como lavar cabelo e trocar de pijama antes das 14:00hs é luxo? Imagina a situação)
- Ir pra maternidade levando aquele fole de crianças, (tipo, mais que uma já pode deixar em casa  - pior que quando o Heitor nasceu elas entraram  no quarto tomando sorvete! Pior que isso só querer pegar no meu filho com a mão lambrecada...)
- Na verdade acho até que é dispensável visita pegar o nenê, a não ser os íntimos. Eu não sou neurótica com germe e estas coisas não, mas ele acabou de nascer né? Acho que se pudesse escolher não ia gostar de ficar passando de mão em mão.


Ai gente tem tantos outros, mas acho que se ainda não fui até o momento, serei muito deselegante se disser tudo que penso e ainda posso ferir uns sentimentos. Vou engolir meus sapos quietinha, afinal, penso que pior que visita com pouco simancol é você não receber visita nenhuma né não? Afinal, se gastam tempo indo lá, conhecer sua cria, na maior parte das vezes levando presentinho, é porque gostam de você...

Concorda ou discorda?

Editando em 06/01/2013:

Gente... Eu precisava voltar aqui neste post e dizer que fiquei meio com vergonha dele tá?
Na verdade quando ele foi escrito eu estava no ápice da chatonice da minha gravidez, eu a Insuportável, sabe hormônios?
Pois é, daí que tinha umas coisinhas que eu queria esclarecer, talvez pq tendo tido o segundo filho foi bem diferente pra mim (tipo poder tomar banho numa boa, lavar cabelo, dar um pulinho na rua etc).
Teve gente que apesar de ser muito meu amigo (assim eu pensava) sequer veio me ver (até hoje) com a desculpa de que só visita o nenê depois que ele já fez dois meses (o meu já fez quatro). Então vou dizer o seguinte: Prefiro gente que demore, gente que traga criança, e gente que converse bobagem, mas venha me ver (pq gosta de mim claro) do que gente que por uma desculpa boba não faz questão de aparecer.
Quem é amigo de verdade só acrescenta.

Beijocas 

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Miami, me ame.

E logo depois da viagem a Recife da qual falei aqui, fui bem ali em Miami, comprar umas besteirinhas prus mininu num sabe? 
Marido não tirou o visto a tempo então não pode ir, fui com um casal de amigos 
Edaianne, minha companheira de barriga e de compras. Aliás ela vai ser mãe de uma menininha, a Antonella!

Bom, se vocês acham que esta postagem é para dar dicas de viagem e de compras para o enxoval, se enganaram, não tenho competência pra dar palpite nenhum, foi a primeira vez que fui fazer enxoval nos Estates, não pude trazer tudo que queria ou que precisava pois o dinheiro era pouco e a bagagem era muita para o Benjamin e eu.
Então se você precisa de dicas neste sentido há vários blogs pela net, vi e gostei de vários. Agora se você quer só saber se vale a pena este tipo de viagem, eu te digo o seguinte: Vale muito SE você realmente precisa comprar muita coisa e tem o dinheiro pra comprar tudo de uma vez por lá. Os bons preços superam muito os do Brasil e a qualidade dos produtos também. 
E como nem só de enxoval vive uma mãe fazendo compras, onde mais eu poderia encontrar tanta opção de maquiagem a preços tão bons, se não nas lojas MAC e Sephora?
Ou alugar um esportivo assim a preço de UNO?
Ou comer uma fatia deliciosa de pizza DESTE tamanho a 4 dólares?

Aliás, se a viagem não é destas turísticas na qual você pode visitar Restaurantes chiques e caros, vai ter que comer muita pizza e sanduíche 
Pois comida deixa um pouco a desejar. Longe de ser o Brasil com tata variedade de deliciosidades.
Mas matei a vontade do legítimo Donuts, e comi Burger King sem medo de ser feliz

Mas fiquei fã (oi?) do estilo das negona desfilando na praia. Era puro estilo kkkkk

Se tivesse inimiga tinha trazido um destes de presente pra ela.

E nem na Mac encontrei o batom azul da loiraça aí. Puxa Vida!!
Sem esquecer dos cortes de cabelo espetaculares. (você também pode!)
Legal, né gente? kkkkkkk
Uma fotinha do Hotel onde ficamos hospedados, mas há várias opções bem mais econômicas de se hospedar que na badalada Miami Beach. A maior parte das construções nesta área são em Art Decô. Vale muito a pena conhecer, passear...  


Principalmente a badalada Lincoln Road, uma avenida muito charmosa e agradável. 
Onde as fachadas das lojas são todas em preto.


É nela que está instalada a Galeria do Romero Brito. Aliás ele é muito valorizado por lá, as sua artes estão por toda a parte,

Em muros, em produtos... Como por exemplo neste carrinho de bebê que custava mais que mil e setecentos dólares.
Marido que ainda não conhece me perguntou se a cidade é realmente bonita como vemos nos filmes, 
E eu que não sei tirar foto de paisagem não pude encher os olhos dele, mas fiz muitos vídeos pra mostrar que realmente é tudo muito limpo, as avenidas são bem largas, os jardins são muito bem cuidados, enfim... É uma cidade linda e tô louca pra voltar com ele, pra passear, pra namorar e pra fazer compras, claro!!!


Então é isso...


Beijocas

Gê.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...